Carta do Tarot - O Diabo

Atualizado: 10 de Dez de 2019




A palavra Diabo como conhecemos hoje, tem origem no latim diabolus, que veio do grego diábolos que tem seus significados relacionados a "o que dá temor", "o que desune". Muito além dos seus significados cristãos, no português é usado popularmente como intensificador e hiperbolizantes contendo ideias de:


desordem, confusão.

"a reunião foi o d., ninguém se entendeu"


quantidade excessiva.

"tem feito o d. para sobreviver"


vivacidade, energia.

"o d. do garoto sabe tudo"


desagrado, descontentamento.

"o d. do negócio fracassou"


O desenvolvimento da humanidade que levou o Diabo a se converter na figura que conhecemos hoje tem sua origem, provavelmente, nas tradições talmúdicas e nas lendas pré-cristãs, onde a serpente do éden teria tido mãos e pés de homem, membros que perdeu como castigo por sua intervenção na conhecida cena do Paraíso, ficando condenada a arrastar-se até o fim dos tempos.


Mas falando de Arcano XV do Tarot, o Diabo, representa a matéria física, especificamente a transmutação da consciência no plano físico. Mas como assim? Transmutar significa fazer mudar de posse, ou domínio. Passar ou transmitir. Fazer com que fique diferente e mudar de uma circunstância para outra.


Esse arcano vem nos confrontar com o nosso inconsciente e tudo o que dele nos aprisiona e como lidamos com isso. Comumente nossos hábitos (e também os nossos vícios) vem do nosso inconsciente que exerce um forte domínio sobre a nossa vida física, ou material. O Diabo vem, no seu lado luz, para nos desunir dos nossos vícios inconscientes e equilibrarmos nosso padrão físico. Ele busca na consciência a força transmutadora que nos tira do inconsciente para o consciente.


No seu aspecto sombra somos domados pelo inconscientes, ou seja, não enxergamos que nossos atos não são nossos mas apenas reflexos de um desequilíbrio. Ou agimos com excesso de racionalidade ou agimos com excesso de emoção e portanto estamos fora do equilíbrio.


O Diabo é um convite a algumas reflexões: O quão apegado você está a ideias/emoções fixas? Domamos o inconsciente ou ele nos domina?



"A razão vos é dada para discernir o bem do mal" Alighieri, Dante.


43 visualizações
Siga-nos No Instagram:

© 2020 por Meu Tarot CNPJ 39.774.556/0001-70
Rua Jaraguá, 737 - Bom Retiro - São Paulo.
Por Rafael de Oliveira Ribeiro

 

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Instagram Branco
  • Branco Twitter Ícone