A Roda Astrológica no Tarot

Atualizado: 12 de Dez de 2019


Há algum tempo comecei a explanar sobre o uso da mandala astrológica (ou roda astrológica) nas tiragens de tarot.

Assim como na astrologia, podemos usar os conceitos das 12 casas astrológicas para realização de mandalas para leitura dos arcanos.

Como cada casa está associada a uma área da nossa vida os arcanos que saem nestas determinadas posições podem nos trazer luz sobre pontos específicos.


Casa 1:


Extremamente importante ela vai retratar sobre como você vai ser percebido nas relações sociais e humanas. As cartas que saem nessa casa vão mostrar como você estará se expressando, isto é, como as pessoas estarão percebendo o seu esforço de comunicação (quase como o seu ascendente) e também vai falar onde está o seu poder de auto afirmação. Essa posição da mandala vai mostrar de que forma você precisa encarar o mundo e seus desafios criando a sua própria visão a partir da perspectiva dos arcanos. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Saber a diferença entre o que eu sou e o que pensam de você é o que vai governar essa casa.


Casa 2:


Quem não gosta de ter as suas coisas? Quem não gosta de poder comprar as coisas que deseja? A maior parte de nós, mesmo os mais espiritualizados, temos desejos de ter as coisas. E isso é importante pois estamos aqui encarnados, esse nosso corpo físico precisa da nossa atenção, precisamos de roupa, de alimento e isso exige trabalho. Nessa casa, as cartas vão falar sobre os nossos valores materiais e as atitudes em relação a segurança. É a maneira de lidar com os bens materiais e com os sentimentos que eles nos transmitem.


Casa 3:


Aqui vamos analisar sobre a nossa comunicação, nossa criação intelectual, as trocas que fazemos diariamente em sociedade. Essa casa abrange uma ampla possibilidade de relações: comerciais, sociais, familiares e tudo o que está ligado a rotina.


Casa 4:


É a casa de Câncer e está relacionada ao lar e a família. Vai falar profundamente da vida doméstica, da forma de se relacionar com os pais. É aqui que vamos entender os principais acontecimentos que podem ajudar a sua vida através do emocional ou desestabilizar por tirar a segurança esperada.


Casa 5:

É a casa do signo de leão, do fogo e por isso é claro a auto-expressão, atitude. O prazer e o romance aparecem nessa casa como também a criatividade e a sexualidade. Os relacionamentos amorosos intímos e também os filhos. Os aspectos relacionados a diversão vão ser trabalhados nessa posição.


Casa 6:


Se ocupa com padrões e hábitos e rotinas de comportamento na vida diária. Forma uma base para se concluir as coisas que são iniciadas. Não trata de temas que pareçam extremamente excitantes mas é fundamental, do contrário, nada funcionaria direito. Vai mostrar como será o serviço diário, a relação com colegas, assistentes e subordinados e os hábitos de saúde.


Casa 7:

Quando olhamos para cá vemos o aspecto descendente o nosso desenvolvimento pessoal através dos outros e com isso podemos analisar as relações com o conjugue e sócios ou outras relações individuais que sejam significativas. Fala sobre as relações que envolvem parcerias de longo prazo.


Casa 8:


Muita gente retrata essa casa como a casa da morte e do sexo por estar ligada ao signo de escorpião. De fato o assuntos profundos são tratados nessa casa. Ela está relacionada com as experiências que geram transformações interiores e que potencialmente mudam nosso jeito de ser ou que mudam o rumo da nossa vida.


Casa 9:


A casa da espiritualidade e da exaltação espiritual tangível (a forma como enxergamos a religião). Aqui é sobre como enxergamos o mundo e seu funcionamento e como enfrentamos a jornada da vida.


Casa 10:


Reflete nossas ambições materiais e por isso muita gente a associa simplesmente a profissão. Além disso traz resposta sobre nossos sonhos materiais, expectativas de salários e status social.


Casa 11:


É sobre a nossa consciência fora da nossa individualidade. Aqui vamos enxergar sobre os aspectos sociais nos grupos que fazemos parte: amigos, pessoas que compartilhamos objetivos em comum ou ideais.


Casa 12:


É a casa mais enigmática pois vai retratar o seu papel no inconsciente coletivo. É o servir altruísta. É uma casa de sonhos e imaginação, compulsão ou ilusões. É o nosso impulso de de salvar o passado e deixar de lado os nossos problemas mundanos. Por isso é muito ligada a vida religiosa, mística, no sentido de servidão.


Explicada, em resumo, as 12 casas astrológicas consegue perceber quão profunda é a leitura das cartas do Tarot seguindo essa mandala? Ao todo são 24 cartas (12 arcanos maiores e 12 arcanos menores) orientando cada uma dessas áreas.

E aí? O que achou? Que tal planejar seus próximos meses com uma mandala astrológica?









67 visualizações

Agende Sua Consulta Online

Consulta Tarot Online

Cadastre-se Nas Notícias Da Semana

Siga-nos No Instagram:

© 2020 por Meu Tarot
Rua Jaraguá, 737 - Bom Retiro - São Paulo.
Por Rafael de Oliveira Ribeiro

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Instagram Branco
  • Branco Twitter Ícone